como investir na bolsa de valores pela primeira vez

como investir na bolsa de valores pela primeira vez
Continua após a publicidade..

como investir na bolsa de valores pela primeira vez ?Existem diferentes formas, métodos e estratégias para começar a investir no mercado da renda variável e nem sempre isso pode ser considerado algo trivial. Por isso, é muito mais fácil entender um pouco mais desse universo tão complexo através do estudo e análise de mercado. No Brasil já são mais de dois milhões de pessoas que já sabem como investir na bolsa passo a passo e já colocam isso em prática, são investidores ativos, cada uma da sua maneira e com perfis diferentes.

A primeira coisa que você precisa saber sobre como investir na bolsa de valores passo a passo é que na B3 (nome da bolsa brasileira), é o lugar onde são negociadas as ações e outros ativos que também são considerados de renda variável. Esse tipo de ativo tem como característica principal o não reconhecimento dos rendimentos no momento da aplicação, por isso, elas são consideradas de alta volatilidade, ou seja, com grandes potenciais de perda e/ou ganhos.

Para saber como investir na bolsa de valores passo a passo é importante saber que será necessário estudar e fazer uma análise para entender o melhor momento de comprar e vender determinada ação. Por isso, o investidor já precisa se acostumar com a alta e baixa dos preços diariamente, só assim vai começar a entender como funciona esse mercado. Uma estratégia muito boa que é usada por muitas pessoas é considerar a valorização das ações na hora da compra, em alguns casos é possível até mesmo receber dinheiro das empresas.

Continua após a publicidade..

O que são ações?

Uma ação é quando uma empresa decide dividir o seu capital em centenas, milhares ou milhões de pequenas partes. Elas são divididas entre os sócios e os empreendedores, aqueles que escolhem comprar esses papéis que são comercializados no mercado, se tornam acionistas dessa empresa. O principal objetivo daqueles que desejam entender como aprender a investir na bolsa passo a passo é, futuramente, participar dos ganhos aos quais ela obtém.

Esse fato pode ocorrer, basicamente, de duas formas diferentes, são elas: as companhias podem pagar dividendos para os acionistas, que se trata de parte dos seus resultados e eles são pagos na mesma proporção de ações que o investidor possui. Outra maneira de receber é através da valorização das ações compradas, ou seja, quando elas valem um preço maior do que os que você comprou.

Entenda os principais conceitos .

A primeira atitude sobre como investir na bolsa de valores pela primeira vez, é entender os conceitos básicos que dizem respeito a ela. No início aprender pode ser um grande desafio entender todos os termos técnicos e a definição dos conceitos e dialeto próprio do nicho de mercado financeiro e é exatamente por causa disso que é importante ler e estudar sobre esse nicho, só depois de ganhar alguma confiança nesse assunto é recomendado que você compre o seu primeiro papel. É importante mencionar aqui que a palavra ‘papel’ é um sinônimo de ações.

Identifique o seu perfil de investidor .

Basicamente, existem três perfis de investidores e eles são classificados de acordo com o nível de risco que o investidor está disposto a correr. Antes de aprender a como investir na bolsa de valores passo a passo você precisa saber que esse é considerado um tipo de investimento de alto risco. Isso porque o mercado de ativos possui uma alta volatilidade e que é muito influenciado pelo mercado em geral, pelas notícias e acontecimentos também.

Resumidamente, essas são as diferenças entre os perfis: o conservador tem como maior prioridade a segurança e, para isso, o investidor escolhe deixar de ganhar uma quantia a mais por preferir preservar o seu patrimônio, esse tipo de pessoa costuma investir mais em renda fixa.

O moderado é o meio termo entre os três, é um perfil mais equilibrado quando se trata de riscos, essa pessoa é mais aberta a fazer investimentos em renda variável, mas tem como foco uma carteira mais variada. O investidor arrojado é aquele que ama o risco, ele é o queridinho da bolsa de valores, essa pessoa sabe lidar bem com riscos e analisa bastante as perdas, essa pessoa não costuma dar muita atenção para a renda fixa.

Passo 1: defina objetivos e metas para saber como investir na bolsa de valores pela primeira vez .

Uma maneira mais simples de conseguir definir objetivos e metas, é possível responder algumas perguntas que vão te ajudar a realizar essa tarefa. São elas: qual a quantia que você tem disponível para investir no momento? Você tem como foco investir todos os meses? Se sim, qual o valor? Para que você vai usar esse dinheiro? Qual o período que você pretende deixar o dinheiro investido?

Passo 2: defina uma estratégia de investimento

Com a tecnologia, foram definidas diferentes estratégias para fazer um bom investimento na bolsa de valores, duas em especial se destacam. São elas: a primeira é uma estratégia de longo prazo, ela busca um retorno financeiro de forma mais consistente em um longo prazo .

Além disso , e isso através da compra de ações de empresas que já estão consolidadas no mercado e que possuem um alto potencial de serem valorizadas. Ela se baseia em uma análise mais fundamentalista, que tem como foco avaliar o fundamento dos negócios para conseguir determinar como está sua saúde financeira e qual a sua perspectiva de retorno.

A segunda estratégia é a de curto prazo, ela se trata basicamente de conseguir ganhos rápidos e menores em um espaço de tempo mais curto, essa tática é conhecida como Day Trade e também as táticas especulativas. Ela se baseia em análises puramente técnicas, que tem como ponto de partida gráficos e algumas variações de preços para identificar as próximas tendências tanto de alta quanto de queda das ações.

Passo 3: escolha uma corretora e abra uma conta

No site da B3 você vai encontrar uma lista completa de todas as corretoras que estão habilitadas a comercializar ações da bolsa de valores brasileira. É possível escolher qual a melhor alternativa de acordo, por exemplo, com as taxas de corretagem, a credibilidade no mercado e a qualidade de atendimento também. Na grande maioria a cobertura de todos os serviços é realizada 100% online.

Tags: | |

Sobre o Autor

andre
andre

Sou André, redator do investfinance apaixonado por economia! Meu foco é passar uma informação clara e baseada na experiência dos nossos leitores.