Investir na bolsa de valores, por onde começar?

Investir na bolsa de valores, por onde começar?
Continua após a publicidade..

Investir na bolsa de valores ,também pode ser lucrativo. Para aqueles que desejam valorizar o seu patrimônio a longo prazo, investir na bolsa de valores é uma iniciativa que precisa ser levada em consideração. Uma crença que precisa ser quebrada em relação a esse assunto é a de que é necessário ter muito dinheiro para poder investir na bolsa, isso não é verdade e você vai ver como fazer isso neste artigo, basta ler até o final.

A verdade é que é possível fazer isso com pouquíssimo dinheiro? Segundo especialistas recomendam, na verdade, que os iniciantes comecem assim. Isso porque investir na bolsa de valores é visto como um jogo de apostas, quando na verdade não é assim. É mais uma questão de análise e estudos do que o contrário. Para se dar bem, é necessário começar com pouco, ter paciência e uma visão a longo prazo.

Outra característica importante é saber fazer um portfólio bastante diversificado, isso vai ajudar a equilibrar as perdas e ganhos. Não é recomendado colocar todas as fichas em uma única ação, isso é bastante arriscado para o investidor e pode trazer danos. Também é importante entender o seu perfil de investidor e avaliar investimentos que sejam adequados ao risco.

Continua após a publicidade..

A primeira coisa que você vai precisar fazer depois de decidir investir na bolsa é entender e estudar como funciona o mercado acionário. No início pode parecer muito complicado e o surgimento de dúvidas acaba sendo inevitável, por isso, é de extrema importância que você leia esse artigo, ele vai te auxiliar na hora de começar os investimentos.

Através da bolsa de valores, é possível que você se torne sócio de grandes empresas do mercado, como Magazine Luiza, Ambev, Renner e até mesmo de gigantes internacionais como Facebook, Google e Microsoft. Se você estruturar um bom planejamento financeiro e ter paciência para dar um passo de cada vez, pode ser mais fácil do que você imagina ganhar dinheiro na bolsa. Veja a seguir um passo a passo para começar seus investimentos.

Investir na bolsa de valores com uma vida organizada financeiramente .

Você pode estar se perguntando o porquê de esse ser um passo tão necessário, mas pense da seguinte forma: como você terá consistência na sua carteira e na diversidade dos seus aportes, se existem dívidas em aberto ou se você não tem ciência das suas despesas e das receitas?

Por isso é tão importante ter um bom planejamento financeiro. Assim, você conseguirá conciliar a quitação de dívidas com os investimentos. É necessário ressaltar que mesmo que existam dívidas no seu nome, não é necessário quitá-las para poder começar a investir, muito pelo contrário. Exatamente por ter débitos abertos e uma visão a longo prazo, você deve começar hoje mesmo a pensar em investir.

Encontre formas de economizar dinheiro .

O principal objetivo de fazer um planejamento financeiro bastante detalhado é entender qual a sua receita bruta, quais os seus gastos fixos e ocasionais e também onde você pode economizar. Dessa forma, você vai destinar uma quantia mensal para investimentos tanto para renda fixa, quanto para renda variável.

Nesse passo você tem duas alternativas: diminuir os gastos para fazer sobrar mais dinheiro ou então encontrar formas de ganhar mais dinheiro através da renda extra. Um erro bastante comum que as pessoas costumam cometer, é esperar ter uma grande quantia em dinheiro para começar a fazer investimentos, sendo que é possível começar até mesmo com apenas 1 real.

A recomendação de pessoas que já são experientes na área é que você consiga investir ao menos 10% da sua renda mensal. Claro que todo esse cenário vai depender da sua realidade financeira e dos seus gastos, cada caso é um caso, porém, é preciso avaliar se vai ser necessário complementar a renda através de atividades secundárias que tragam uma quantia a mais no final do mês.

Crie uma reserva de emergência .

Do que se trata uma reserva e emergência? Basicamente, é uma quantia em dinheiro que você deixa depositada em algum lugar e que esteja disponível para ser usada em alguma emergência. Especialistas indicam que esse valor seja correspondente a seis vezes ao seu salário, ou seja, que você consiga se manter por seis meses com esse dinheiro, caso o pior venha a acontecer.

Mesmo que você ainda não seja um investidor, a reserva de emergência é recomendada para todas as pessoas, independente do perfil de investidor e do salário. É ela que irá te ajudar em uma situação de extrema emergência, seja ela qual for. Dessa forma, muitas pessoas escolhem primeiro consolidar a sua reserva de emergência para depois começar a investir, isso vai da escolha e situação financeira da pessoa.

investir na bolsa de valores :Defina o seu perfil de investidor

Um passo muito importante e que vai ajudar a definir os seus investimentos é saber qual o seu perfil de investidor, assim você também saberá o nível de risco que pode tomar. Basicamente, existem três perfis: conservador, moderado e arrojado. A característica principal que é levada em conta para definir o perfil é a tolerância da pessoa a correr riscos financeiros, isso porque a renda variável possui diferentes possibilidades de perdas e ganhos.

Conservador :

Esse tipo de pessoa tem um receio muito grande ao risco, ele prefere deixar de ganhar dinheiro do que arriscar perdê-lo. Nesse caso o investidor tem como principal objetivo manter o patrimônio e não tem um interesse tão grande em multiplicá-lo. A maioria das pessoas que estão iniciando nesse universo se encaixam nesse perfil, até se sentirem mais seguras para correr um risco maior.

Moderado :

Também conhecido como meio termo, é o tipo de investidor que aceita melhor o risco do que o moderado, mas ainda não é confiante o suficiente para ter grande parte da sua carteira composta por ações na bolsa. Porém, ele aceita um pouco de volatilidade em busca de uma chance maior de multiplicar seu dinheiro.

Arrojado :

Essa pessoa ama a bolsa de valores e adora correr riscos.

Geralmente, é um investidor experiente que sabe como a bolsa funciona.

Por fim, tem um olhar mais frio para fazer escolhas e é apaixonado pela compra e venda de ações.

INFINITY

Tags: | | |

Sobre o Autor

andre
andre

Sou André, redator do investfinance apaixonado por economia! Meu foco é passar uma informação clara e baseada na experiência dos nossos leitores.